18/03/2014

Seventh automatiza residência com o D-Guard Intelligence

automotiza-residencia

A “casa inteligente” está localizada em Florianópolis, e é toda automatizada com software da empresa.

Na casa do contador Douglas S. Laranjeira, em Florianópolis, a tecnologia de automação da Seventh, empresa que desenvolve sistemas de monitoramento de imagens e automação, facilitou e gerou mais conforto ao dia a dia de sua família, composta por ele, a esposa e uma filha. A casa foi construída do zero e inicialmente a ideia era apenas deixar prontas as esperas para automação para, em seguida, optar pelos equipamentos e funcionalidades. “Quando conhecemos os equipamentos da Seventh, entretanto, nos sentimos muito confortáveis e com muita vontade de implantar a automação de imediato. Por isso, antecipamos esse momento”, conta Douglas.

Hoje, as funcionalidades implantadas na casa dele são as seguintes: venezianas abertas e fechadas automaticamente em horários pré-determinados, sanduícheira e torradeira ligadas também em horário pré-fixado, motor da piscina que liga e desliga em horário programado, resistência do aquecimento solar programada para horários determinados, evitando desperdício, iluminação automatizada durante ausência dos moradores, simulando a presença dos mesmos em casa. Além disto, todos podem ligar ou desligar luzes, alarmes, motores (piscina, boiler, portões, irrigação dos jardins, entre outros) da casa de qualquer lugar que estiverem.

Além disso, existem 16 câmeras IP integradas ao sistema, com funções de vídeo análise integradas à automação. Assim, as câmeras funcionam também como sensores, ativando alarmes, realizando barreiras virtuais na área perimetral da residência e auxiliando nas funções de automação.

“Controlamos todas as funcionalidades via dispositivos móveis, como notebook, tablet, smartphone ou smart TV. Basta acessarmos os dispositivos pelo software D-Guard Mobile, da Seventh, para comandar o D-Guard Intelligence, software da Seventh, cérebro da automação”, explica Douglas.

A Seventh desenvolve o sistema D-Guard Intelligence há 5 anos. Segundo Carlos Schwochow, um dos diretores da empresa, a procura por automação residencial é cada vez maior, não somente por conta do conforto e funcionalidade, mas também por segurança. “O mercado de automação é intimamente ligado ao de segurança. Unir esses dois mercados é o nosso foco de desenvolvimento atual”, conta. Segundo ele, são inúmeras as possibilidades de funções automatizadas em uma residência. “Em resumo, a automação disponibiliza a energia elétrica onde e por quanto tempo os moradores determinarem. Logo, o número de funcionalidades é determinado pela criatividade de cada morador”, explica.

De acordo com dados da Aureside – Associação Brasileira de Automação Residencial -, o serviço cresceu 300% nos últimos quatro anos. Hoje, já são cerca de 250 empresas que viabilizam a tecnologia. Em 2012, o faturamento foi de R$ 4 bilhões e a expectativa é de mais 30% de crescimento em 2013.