15/01/2019

7 Tendências em Segurança para 2019

Quem cuida da proteção de uma empresa, casa ou condomínio, precisa pensar em todos os acessos e pontos vulneráveis possíveis. Enquanto isso, os invasores precisam de apenas uma falha na segurança. Por isso, estar à frente em termos de tecnologias e tendências em segurança faz a diferença.

Para 2019, o mercado de segurança está otimista. De acordo com a Pesquisa Nacional sobre Segurança Eletrônica, realizada pela SMG para a Abese (Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança), 95% da indústria pretende lançar novos produtos neste ano.

As informações da pesquisa foram apuradas junto a indústrias, distribuidores e prestadores de serviço de todo o país. O levantamento também aponta projeções para os próximos três anos. Conheça as 7 principais apostas do setor:

1 – Aplicativos de segurança em dispositivos móveis

A possibilidade de acompanhar as câmeras de segurança por meio de aplicativos em tablets e smartphones é uma das fortes tendências em segurança. A funcionalidade traz agilidade no tempo de resposta caso haja alguma ocorrência e está crescendo muito. A projeção é de 94% de aumento no acesso mobile a softwares de segurança nos próximos anos.

2- Integração de sistemas de hardware e software com uso de nuvem/cloud

A busca por mais segurança no armazenamento e pela agilidade no acesso e compartilhamento de imagens também deve influenciar o uso da tecnologia de nuvem ou cloud, com perspectivas de aumento de 84%.

3 – Projetos de segurança residencial

As residências são a grande aposta de crescimento do setor de segurança eletrônica em 2019. A automação residencial integrada ao sistema de alarme tem expectativa de 81%. Entre os fatores que podem influenciar este aumento estão: o sentimento de insegurança do brasileiro, que aumentou nos últimos anos e o desenvolvimento da indústria nacional, permitindo o lançamento de produtos com preços mais acessíveis.

4 – IoT

A Internet das Coisas, IoT combina dados de diferentes dispositivos integrados, permitindo agilizar atendimentos, processos e melhorar a segurança pública e privada. Projetos que unem IoT e smart cities estão revolucionando a segurança eletrônica e tem previsão de crescimento de 80% no desenvolvimento de soluções no combate à criminalidade.

5 – Controle de Acesso

A possibilidade do controle de acesso, com o gerenciamento de centrais de vídeo por meio de softwares de monitoramento de imagem também tende a crescer. A perspectiva é de 64% de aumento na busca por este formato.

6 – Inteligência artificial

A busca por softwares que fazem uso da inteligência artificial (IA) para prevenir invasões também aparece na lista de tendências em segurança para o futuro próximo. A análise de padrões de comportamento pré-configurados ajuda a identificar e resolver situações em locais específicos. Uma vez que qualquer ação considerada fora da normalidade aciona o envio de alertas para os profissionais da área. A aposta é de 63% de expectativa de crescimento para IA.

7 – Portaria remota

O sistema de portaria virtual conecta um interfone ao proprietário ou central. Ele ajuda a reduzir custos e tem ganhado cada vez mais espaço no país. Espera-se que a busca pela solução, que pode promover economia de até 30% nas taxas de condomínio, cresça cerca de 60% nos próximos anos.

E estas não são as únicas áreas com boas perspectivas. Sistemas de inteligência aplicada para análise de comportamento também apareceram na pesquisa como fortes tendências em segurança, com 55% de expectativa de aumento, seguido por monitoramento por áudio, com 27%.

Hora de aproveitar as oportunidades

Segundo uma pesquisa da Markets and Markets, a indústria de soluções de segurança deve ultrapassar US$ 373 bilhões em vendas em todo o mundo até 2020.

A velocidade das inovações tecnológicas e o aumento do desejo das pessoas em se sentirem seguras ajudou a motivar o crescimento registrado em 2018 e faz com que o setor esteja mais aquecido do que nunca. Agora, só é preciso entender as necessidades do mercado e aproveitar oportunidades.