12/04/2019

Conheça as vantagens da Portaria Remota

A portaria é uma das áreas mais críticas de toda a segurança de um local. É por ela que os moradores e visitantes passam, correspondências e entregas chegam e, infelizmente, também é por ela que pessoas mal intencionadas podem entrar e cometer furtos e roubos. A portaria remota ou virtual, pode trazer mais segurança por aliar tecnologia e controle dos acessos. Mas você conhece todos os benefícios e detalhes deste recurso?

Além de ser uma forte tendência, a portaria remota é uma grande aliada na segurança de condomínios e prédios. Ela também ajuda a reduzir custos com taxas condominiais. Mas, por ser algo recente, a portaria remota ainda gera dúvidas. Por isso, preparamos um conteúdo completo sobre o assunto, que vai ajudar você a saber tudo que precisa sobre portaria remota!

 

O que é portaria remota?

A portaria remota é um sistema de segurança que dispensa a necessidade da presença física de um profissional no local a ser atendido. A necessidade de identificação de quem chega e da confirmação da liberação do acesso junto ao morador é mantida, mas este recurso permite o gerenciamento à distância, usando câmeras e interfones integradas a um software especializado.

 

Como funciona a portaria remota?

O processo é simples e inicia quando o visitante ou entregador chega ao prédio. Depois de apertar a campainha/interfone ele conversa com a portaria eletrônica por meio do interfone, então, o funcionário da central responsável notifica o morador (pelo telefone, interfone ou até pelo celular)e aguarda a autorização para liberar o acesso. O controle e a segurança são feitos 24 horas por dia, usando sistemas integrados a câmeras e outros equipamentos. Uma das principais vantagens é que eles auxiliam o esforço humano, otimizando atenção, e eliminando o risco de falhas humanas.

Que recursos são necessários?

As novas tecnologias de software e hardware estão cada vez mais acessíveis para  condomínios residenciais e comerciais, permitindo que as portarias remotas funcionem ainda melhor. Os equipamentos necessários para o funcionamento de uma portaria virtual variam muito de local para local. Listamos abaixo alguns equipamentos que fazem a diferença na segurança de ambientes com portaria remota:

Videomonitoramento – As câmeras são grandes aliadas quando o assunto é portaria remota. Um sistema de videomonitoramento garante a transmissão de imagens para a central responsável pelo controle de acesso, alguns modelos também têm áudio, visão noturna e são facilmente conectadas à internet.

Sistemas de controle de acesso – O uso de tags, digitais e aplicativos é muito utilizado para liberar a entrada e saída. No caso de um condomínio, por exemplo, a entrada de moradores é feita a partir da identificação em um desses dispositivos.

Abertura e fechamento remotos – Este tipo de recurso permite que o operador, na central, possa abrir ou fechar portões e cancelas, controlando o acesso para pedestres ou a garagem à distância.

Gerador ou sistema de Nobreak – No caso de queda de energia é muito importante ter uma outra fonte de energia, para manter os recursos básicos como portões e equipamentos de segurança operando.

Backup das imagens – O Armazenamento de imagens e dados do dia-a-dia da portaria é de grande importância para acompanhamento de tudo que acontece no local e também facilita o compartilhamento fácil deste material quando necessário. Além disso, softwares como o D-Cloud também verificam os status de todos os equipamentos conectados, emitindo alertas em caso de falhas ou desconexões e também inicia gravações em caso de disparo de alarmes, por exemplo.

VoIP: A integração VoIP conecta os interfones do condomínio à central de monitoramento e a central aos interfones dos condôminos, permitindo a realização do trabalho de portaria remota sem a necessidade de chamadas para telefones externos. Softwares como o Situator permitem ainda que o VoIP seja usado no atendimento automático, ou seja, o operador não precisa selecionar e clicar em nenhum local do sistema para realizar a chamada, pois ela é iniciada automaticamente. 

 

Quais as vantagens de uma portaria remota?

Segurança, controle e economia são as vantagens mais apontadas com relação à portaria remota. Outro benefício, é que a adoção de um sistema de portaria virtual, aliado ao uso de equipamentos e tecnologia de software, permite o acompanhamento de todos os processos do condomínio industrial ou residencial, como quantidade e tipos de acesso, horários de maior movimento, motivos e tempo das chamadas na portaria, entrada e saída de veículos e ainda, possíveis ocorrências. Outros pontos positivos são:

  • Redução do risco humano, pois a não presença de um porteiro no local elimina o risco de que ele seja rendido ou até ferido em uma tentativa de invasão;
  • Redução no custo das taxas de condomínio entre 40% e 50%, uma vez que um dos maiores custos condominiais é com recursos humanos de uma portaria presencial;
  • Operação 24h por dia da portaria virtual, para controle de acesso e recebimento de entregas a qualquer momento;
  • Aumento da estrutura de segurança e controle de acesso, com a instalação de câmeras, dispositivos e uso de sistemas especializados;
  • Redução das falhas humanas, como desatenção, abandono de posto, dormir no horário de trabalho, divulgação de informações sobre falhas na segurança do local para associação criminosa, entre outras.

 

Para quem o sistema de portaria remota é mais indicado?

Para definir a contratação ou não da portaria remota ou virtual é preciso analisar se ela é uma opção adequada para o local. Para locais com muitas entradas e grande volume de entradas e saídas, ela pode não ser o ideal.

Por isso, o sistema de portaria não presencial é mais indicado em áreas de médio porte (com até 60 unidades) e menor número de entradas. Também é preciso levar em conta o perfil dos moradores ou trabalhadores, uma vez que é preciso fazer algumas mudanças comportamentais para o sucesso do sistema. Desta forma, questões como adaptação à tecnologia, respeito aos processos e saber lidar com a ausência de alguém no local precisam ser levados em conta.