07/11/2019

Aumente a agilidade e eficiência na segurança eletrônica com sistemas PSIM

 

Integrar os componentes que fazem parte da estrutura de Segurança Eletrônica, como controles de acesso, ponto eletrônico, câmeras, alarmes, sensores, CFTV e, claro, os operadores, é um dos maiores desafios da área.

A integração permite controlar vários dispositivos de segurança por meio de uma única interface de usuário, o que aumenta a agilidade e tomada de decisões mais assertivas e eficientes pelos operadores. 

Sistemas PSIM (Physical Security Information Management), como o Situator da Seventh, atuam como uma plataforma integradora de segurança, unindo dados e um número ilimitado de dispositivos em uma única interface. Outra característica importante é a de ser uma plataforma multimarcas, assim é possível reduzir custos de implantação e manter aberta a possibilidade de ampliação e renovação da estrutura futuramente, sem precisar buscar uma nova solução.

Porque traz mais eficiência?

Com a facilidade de aquisição de equipamentos cada vez maior, é comum que operadores de CFTVs e estruturas de segurança precisem monitorar muitas coisas ao mesmo tempo. São imagens, dispositivos, acessos…tudo ao mesmo tempo. 

Em uma Portaria Remota Condominial, por exemplo, um único operador é responsável por várias unidades habitacionais. Em um prédio comercial, o grande fluxo de entrada também traz desafios para os profissionais. 

Com um sistema PSIM a organização de prioridades, envio de alertas e até predefinição de como tratar cada evento agiliza a operação e ainda padroniza as ações tomadas pela equipe de segurança. Estes são só alguns dos benefícios, a seguir falaremos mais sobre as vantagens da gestão de eventos por meio de uma solução PSIM. 

Garanta o tratamento de todas as ocorrências com o Situator

Os recursos oferecidos pela gestão de eventos atendem e beneficiam projetos e centrais de todos os tamanhos, independente da complexidade da estrutura. Este tipo de software permite o controle, ações proativas e geração de relatórios detalhados, reduzindo custos e melhorando a gestão. Confira algumas das principais capacidades do sistema PSIM da Seventh:

 

1 – Captação

Os eventos são gerados por mais de 8.000 dispositivos compatíveis, captados de forma instantânea, no momento em que ocorrem.

 

2 – Verificação

O sistema permite que os operadores verifiquem e atendam os eventos por ordem de prioridade (com configurações predefinidas e personalizadas para cada empresa), com todas as informações importantes disponíveis rapidamente. Tudo em uma interface rápida, para que a tomada de decisões seja feita de maneira ágil e segura. 

 

3 – Análise

Com a visualização de câmeras ao vivo, acesso a mapas e instruções específicas, a análise dos eventos ocorre de forma ágil e objetiva. O sistema analisa e correlaciona os dados, eventos e alarmes, para identificar as situações reais e prioritárias.

 

4 – Resolução

Os operadores recebem a orientação de ação mais apropriada para cada tipo de evento, executam ações predefinidas e podem especificar a solução adotada conforme o evento. Tudo de forma rápida e permitindo a criação e melhoria de processos.

 

5 – Auditoria

Seja para uma investigação ou auditoria de processos, o registro de dados do Situator permite supervisionar todas as informações dos eventos gerados, o tempo necessário para solucionar ocorrências variadas e qual a solução efetuada. Relatórios confiáveis e que garantem a elaboração de análises de conformidade, treinamentos e investigações.

 

Conclusão

Com o uso de sistemas de gerenciamento de eventos, a segurança deixa de ser reativa e torna-se cada vez mais proativa. Atualmente, as estruturas de monitoramento estão mais robustas em termos de hardware, possibilidades de analíticos embarcados, e o trabalho dos operadores responsáveis por atender aos alertas é complexo. Mas não adianta fazer grandes investimentos em equipamentos modernos e deixar a gestão de dados de lado. Sem um sistema de gestão que ajude na priorização e listagem dos eventos recebidos, fatos importantes podem deixar de ser tratados. Com a utilização de um sistema PSIM, há mais garantia de que de todos os eventos serão atendidos e da forma mais adequada e assertiva possível.

Ao integrar toda a estrutura de segurança eletrônica a um software especializado, é possível unificar eventos provenientes de fontes diferentes de dados, gerando fluxos de trabalho orientados pela prioridade e respostas predefinidas para cada situação. Assim, a uniformidade dos processos e traz mais conformidade, reduz tempo de resposta e os custos da operação. 

Quer saber mais sobre gestão de eventos e sobre o Situator da Seventh? Entre em contato com um de nossos consultores para Projetos ou Centrais de monitoramento.